Categorias pelo mundo – SAES (África do Sul)

Hoje vamos conhecer a South African Endurance Series (SAES), campeonato sul-africano de provas de longa duração. Com longa tradição em provas como a Spring Book Series e as 9 Horas de Kyalami, a África do Sul viveu por anos no ostracismo onde foram realizados apenas eventos esporádicos da modalidade. 

Largada das 6 Horas de Phakisa em 2014. Fonte: dailysportscar.com [1].

Esse cenário mudou a partir de 2013, quando Roger Pearce e um grupo de aficionados realizaram uma prova de 6 Horas em Phakisa, dando início a um certame que começou a ganhar momento e recebeu o status de campeonato nacional sul-africano à partir de 2017. 

Largada de prova do SAES em 2016. Fonte: Divulgação.

A partir de 2021, o SAES foi adquirido pelo empresário Izak Spies, que lançou a temporada 2022 com 7 etapas previstas, e provas variando entre 4 e 9 Horas de duração onde participam carros que vão desde modelos turismo preparados até protótipos e modelos GT3 e são divididos em 5 classes:

Classe E – Production Sports Cars

É a classe para os protótipos de fabricação sul-africana onde competem principalmente os modelos Backdraft Roadster, uma réplica do Shelby Cobra normalmente equipada com motorização Lexus V8 e que possui um “campeonato dentro do campeonato” para os pilotos que o utilizam. 

Réplica do lendário Shelby Cobra, o Backdraft Roadster compete pela Classe E do SAES. Equipados com motores Lexus V8 de 300 cv e pesando apenas 1.000 kg, os Roadsters protagonizam o Backdraft Racing Series, um campeonato dentro do campeonato. Fonte: Divulgação.

Também compete pela Classe E o ágil Nash MVW3, um protótipo com motorização aspirada VW de 2 litros que segue uma filosofia muito similar ao nosso Aldee Spyder ao utilizar diversos elementos mecânicos da marca alemã (além do motor, o MVW3 utiliza a transmissão, freios e cubos de rodas da VW).

Outro projeto local, o Nash MVW3 utiliza diversos componentes de origem VW, incluindo o motor 2.0 de 130 hp. Pesando cerca 530 kg, o protótipo sul-africano apresenta um desempenho surpreendente, chegando a lutar por pódios na classificação geral frente a modelos GT3 e protótipos da classe CN. Fonte: Divulgação.

Classe D – Saloon Cars

A Classe D é a classe para carros tipo turismo, com motores entre 900 e 2.499 cm³. Competem nessa Classe desde carros modernos como VW Polo e Mini até carros que já são praticamente clássicos como uma BMW 325i E36.

Classe C – FIA GT4

Classe para os carros homologados pela FIA/SRO como GT4, onde na atual temporada compete somente um modelo Audi R8.

Fonte: Divulgação.

Classe B – FIA GT3

Classe para os carros homologados pela FIA/SRO como GT3, e onde competem diversos modelos como Lamborghini Huracan, Porsche 911, Mercedes AMG, entre outros.

Classe A – Open Class

Nessa Classe são permitidos carros que sejam capazes de tempos de volta até 103% da pole / melhor volta da pista no ano anterior. Competem carros das mais diversas concepções como protótipos Ligier JS49/51/53 CN, um Backdraft Roadster altamente modificado, um Chevron B26 com motorização Radical V8 e eventualmente protótipos como Ginetta G57, Pilbeam MP84 e Shelby LR-93 Can Am. No passado, a categoria recebeu carros ainda mais variados como Aquila CR1, o protótipo LMP2 sul-africano da Bailey e até mesmo um Fórmula Renault 3.5 carenado.

A próxima prova do campeonato será no final de semana dos dias 23 e 24 de julho, com transmissão ao vivo pelo canal do Facebook da categoria.

Fontes:

African Six Hours: Entry List. Disponível em:https://www.dailysportscar.com/2013/02/18/african-six-hours-entry-list.html.

The African 6 Hours: Preview & Practice Report. Disponível em: https://www.dailysportscar.com/2013/02/23/the-african-6-hours-preview-and-practice-report.html.

The African 6 Hours: Qualifying Report. Disponível em: https://www.dailysportscar.com/2013/02/23/the-african-6-hours-qualifying-report.html.

The African 6 Hours: Race Report. Disponível em: https://www.dailysportscar.com/2013/02/24/the-african-6-hours-race-report.html.

Drama As Juno Wins African 6-Hour Race. Disponível em: https://www.dailysportscar.com/2014/02/25/drama-as-juno-wins-african-6-hour-race.html.

The SA Endurance Series. Disponível em: https://www.saenduranceseries.co.za/about.php?which_year=2017.

One thought on “Categorias pelo mundo – SAES (África do Sul)

  1. Interessante ver um Aquila CR1 , antes só havia alguma informação em corridas monomarca . Com o crescimento do GT3 por todo mundo, a vida dos pequenos fabricantes não deve estar fácil, somando se a isso, o fato da ACO limitar a entrada de construtores nas suas categorias Lmp2 e Lmp3 .

Leave a Reply

Your email address will not be published.