Newsletter Motor: Avallone à venda, novidades do Endurance Brasil e muito mais…

Bom dia, caros amigos! Bem-vindos à nossa newsletter com as notícias de automobilismo que você (provavelmente) não viu em nenhum outro lugar!

Décimo primeiro AJR confirmado no grid do Império Endurance Brasil

A equipe londrinense LT Team, que em 2021 competiu na categoria P3 com dois protótipos MRX, confirmou recentemente a ascensão à categoria P1 com a chegada de um protótipo AJR. Esse será o décimo primeiro protótipo da JLM Racing a compor o grid da Império Endurance Brasil. O time comandado por Leandro Totti acumula vitórias em provas tradicionais como 1.000 Milhas e 500 Milhas de Londrina, e pretende focar essa temporada no aprendizado da operação do AJR e na dinâmica das provas da P1.

Fonte: LT Team.

O carro será pilotado por Luiz Cesar Jr, Sarin Carlesso e Edu Souza.

Equipes começam a se movimentar para a temporada 2022

Faltando cerca de um mês para o início da temporada, as equipes do Endurance Brasil começam a divulgar os novos layouts de seus carros. Entre os que já revelaram o novo visual estão o AJR #11 dos atuais campeões Emílio Padrón e Marcelo Vianna e o AJR #80 de Alexandre Finardi e Rafael Suzuki. 

Fonte: Império Endurance Brasil.
Fonte: Velocidade Curitiba.

Outro AJR, esse de casa nova, é o #72 que será pilotado por Carlos Antunes, Yuri Antunes e Marcelo Predileta que, até 2021, era da equipe NC Racing. Esse carro sempre foi um dos mais velozes do grid, e deve voltar a dar trabalho na nova temporada.

Fonte: Marcelo Predileta.

Entre os GTs, o primeiro layout divulgado é o do Mustang #22 dos atuais campeões da Autlog Racing Team, que será pilotado por Flávio Abrunhoza, André Jr., Gustavo Conde e Cássio Homem de Mello.

Fonte: Império Endurance Brasil.

Também foi revelada a pintura do BMW M2 CS Racing da dupla Henry Visconde e Lucas Foresti, vice-campeões em 2021 com outra BMW, a M4 GT4. Esse carro está no país desde o ano passado, e já participou de dois eventos da GT Series além de diversos testes para acertos de pista.

Fonte: Império Endurance Brasil.

Tubarão XI começa a tomar forma

O protótipo Tubarão XI, desenvolvido em parceria com a Sigma, começa a tomar forma nas oficinas da MC Tubarão em Campo Bom com o chassi recebendo as primeiras partes da carenagem spyder baseada no Sigma P1.

Fonte: MC Tubarão. 📸 Contribuição apreciada.

Em uma das imagens divulgadas pela categoria podemos ver como a carenagem começa a tomar forma, com a barbatana dorsal e principalmente, podemos ver o assoalho e o ponto onde a expansão se inicia, logo abaixo do centro do cockpit. Resta aguardar se a equipe conseguirá finalizar o carro a tempo da primeira etapa, e como será o desempenho do protótipo que aposta em um pacote bem diferente dos demais competidores da P1, com cockpit aberto e motorização quatro cilindros turbo.

Protótipo Avallone de Pedro Victor Delamare à venda

Recentemete foi colocado à venda no site racecarsdirect.com (veja aqui) o Avallone #84 que foi de Pedro Victor Delamare e recentemente restaurado pelo cascavelense Miguel Beux. Construído no início dos anos 70 por Carlos Avallone, o protótipo utiliza a mecânica do Lola T142 da Fórmula 5000 com um chassi fabricado localmente e “veste” carenagem do Lola T222 da Can-Am. Desde o seu lançamento o protótipo dominou as provas da Divisão 4 até a chegada do Berta-Hollywood em 1975, e agora está disponível para quem quiser possuir parte da história do automobilismo brasileiro.

Fonte: racecarsdirect.com. 📸 Contribuição apreciada.

Internacionais

Vamos agora ao nosso giro pelo mundo das competições automobilísticas. Começando pela Austrália, a Brabham Automotive acaba de confirmar a participação na temporada 2022 da Fanatec GT2 European Series, com o modelo BT63 GT2 Concept. O carro será pilotado pelo atual campeão Pro-Am da categoria, Anders Fjordbach e por Kevin Weeda. Esse é o terceiro modelo da marca que estará ativo em competições, juntando-se aos modelos BT62R de Dwayne Carter (Nova Zelândia) e da dupla Paul Bailey e Ross Wylie (GT Cup).

Fonte: Brabham Motorsport.

No México, a Protótipo México Series anunciou a troca do propulsor de seus carros, abandonando o propulsor Chevrolet Ecotec em prol do consagrado Honda K24. O carro, inspirado pelo Tame 120-TA que competiu nos anos 90, inclusive já participou das atividades de pista das 4 Horas de Queretaro com a nova motorização, marcando como melhor tempo uma volta de 1m08s637, comparável ao de carros como o Cupra TCR da equipe Pro Rally Mothers ainda que o protótipo utilize pneus semi-slick Hankook Ventus RS-4.

Fonte: Prototipo Mexico Series. 📸 Contribuição apreciada.

Leave a Reply

Your email address will not be published.