Giaffone “P2”: um novo projeto para o Endurance Brasileiro

O ano de 2021 da Endurance Brasil promete grandes novidades nas pistas. Diversas equipes já começam a se preparar para a nova temporada, e uma dos destaques promete ser a chegada da equipe JDavid Team para o certame. Para sua estréia, a esquadra chefiada pelo piloto José Eduardo David aposta em um projeto próprio desenvolvido em parceria com a Giaffone Racing, inicialmente pensado para a categoria GT4 do Brasileiro de Endurance mas que desde então foi enquadrado na P2.

Resultado de um projeto iniciado a cerca de 1 ano e meio, o primeiro shakedown foi realizado no anel externo do Kartódromo Internacional da Granja Viana, para testar a funcionalidade dos componentes mecânicos.

O que já sabemos

O chassi é tubular, e embora lembre em alguns pontos o chassi JL-G09 (utilizado pela Stock Car até 2019), é um projeto totalmente novo segundo a Giaffone. As diferenças começam pelo material da gaiola, uma liga de aço molibdênio-nióbio, em contraste ao aço 4130 utilizado no chassi do antigo Stock. Detalhes não foram divulgados sobre qual a liga utilizada, porém é possível imaginar que seja algo parecido ao que empregado no chassi do Spark Odyssey 21, SUV elétrico desenvolvido para a Extreme E.

Ainda sobre o chassi, a estrutura treliçada aparenta ser bem similar quanto à geometria e posicionamento dos triângulos, porém existem algumas diferenças que se destacam tais como a barra transversal adicionada ao vão do para-brisas (1). Outra diferença é a barra transversal (2), presente apenas no chassi JL-G09.

Além disso, podemos notar que a geometria de suspensão é completamente diferente do Stock na dianteira, ainda que o motor utilizado no modelo P2 seja o mesmo LS3 V8 de 500 cv. Isso fica claro pelas imagens divulgadas, onde é visível que os principais periféricos são os mesmos (tomada de ar, coletor de admissão e coletores de escape são idênticos a especificação dos Stock).

[EDIT 18/01/2020]: Revisitando o design de chassi dos carros da Stock Car, verifiquei que o chassi guarda ainda mais semelhanças com o JL-G12 utilizado pela Stock Light, que também tem a transmissão em posição dianteira (ver imagem abaixo).

Na dianteira podemos ver que no modelo P2 o conjunto mola/amortecedor é montado próximo à roda, em posição vertical (esquerda), diferente do Stock onde podemos ver os rockers em posição central e a mola/amortecedor em posição quase horizontal (direita).

Na traseira também o layout da suspensão é completamente diferente, pois ainda que a transmissão seja também uma unidade sequencial de 6 marchas, com trocas através de borboletas, as imagens disponibilizadas indicam que é uma unidade completamente diferente, montada em posição central, diferente da Xtrac 396 utilizada na Stock que fica montada em posição traseira.

Na suspensão traseira as diferenças de layout de suspensão também são grandes. Enquanto no Stock os elementos ficam montados sobre o transeixo Xtrac (esquerda), no P2 a posição de montagem é similar à da dianteira (direita).

[EDIT 18/01/2020]: Também podemos ver que a montagem da suspensão dianteira e traseira é similar à do Stock Light, como atestado pela imagem abaixo:

As rodas e pneus também são diferentes: enquanto a Stock utiliza rodas Oz de 11″ x 18″ e pneus Pirelli 305/660 R18 nos quatro apoios, o novo P2 será equipado com rodas 11″x18″ e pneus 305/660 R18 na dianteira, e rodas 13″x18″ na traseira, calçadas com pneus 325/660 R18. O resultado dessas modificações é uma redução de peso significativa (1.150 kg do novo carro contra 1.325 kg do Stock 2019 + piloto). Na eletrônica, o Giaffone P2 conta com sistemas como ABS e controle de tração.

Já na aerodinâmica, por ora o modelo testa com a mesma carenagem inspirada pelo Chevrolet Cruze utilizada na temporada 2019 da Stock Car (em 2020 a categoria passou a utilizar monoblocos dos modelos de rua adaptados para as pistas), porém a Giaffone já trabalha em uma nova carenagem específica para o modelo.

Resta saber agora como será o desempenho do carro da Giaffone Racing frente aos competidores da P2, categoria que promete um bom grid para a temporada 2021.

Fontes:

Giaffone Racing: https://www.instagram.com/giaffoneracing/

José Eduardo David: https://www.instagram.com/zedavid.oficial/

EXTREME E ANNOUNCES CBMM AS FOUNDING SUPPLIER. Disponível em: https://www.extreme-e.com/en/news/23_EXTREME-E-ANNOUNCES-CBMM-AS-FOUNDING-SUPPLIER.html.

Você também pode se interessar por:

Protótipos do Endurance Brasil: DTR 01

Protótipos do Endurance Brasil: Ginetta G57 P2

Protótipos do Endurance Brasil: Metalmoro JLM AJR

Protótipos do Endurance Brasil: MCR Grand-Am

Protótipos do Endurance Brasil: Sigma P1

TMC M1: Novidades do Hipercarro Brasileiro

One thought on “Giaffone “P2”: um novo projeto para o Endurance Brasileiro

  1. Como é um P2, creio que deveriam fazer a parte superior da estrutura menor, ficando com uma proporção a de um GT e não de um carro sedan , é muito volumoso toda capota .
    Mas , pode ser uma otima opção na P2 .
    De resto , a matéria é excelente , link obrigatório a quem quer um pouco mais de qualidade na informação.
    O Endurance Brasil esta cada vez melhor!!

Leave a Reply

Your email address will not be published.